sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Que se passa?

video Tudo tem estado absurdamente fora do eixo e meus olhos vislumbram o quão é engraçada a vida, num momento é só tesão, no outro é desgraça que não mata ninguém de inveja.

domingo, 18 de outubro de 2009

a mente humana

É cada vez mais comum vermos nos jornais, casos sobres abusos sexuais
de pessoas cada vez mais jovens, até dá pra compreender a anomalia em se
tratando de alguém pega na rua, levada para o esquisito e sendo consumado
o ato, é estranho, mas sabemos que a pessoa envolvida e doente mental, pois
não consegue controlar seus impulsos e ainda assim subjuga sua vítima na
maior covardia. Porém tem ficado bastante comum o caso de pais que fazem
isso com suas filhas, essa relação incestuosa provoca na vítima um sentimento
de decepção tão intenso que não mais se esquecerá pelo resto da vida, alguém
muito próximo e de total confiança, com seu ato abre uma lacuna que nunca
mais se fechará. Conheço o caso de uma amiga de trabalho que vive com uma
sensação duplamente decepcionante, ao vê-la sendo coberta por alguém tão
íntimo, seu irmão nem conseguiu pensar e atacou o agressor, matando-o na
hora, apesar da gravidade do fato e de todos os atenuantes ele foi preso, ela
foi ter acompanhamento psicológico por um longo tempo e mesmo assim
nunca mais se livrou do trauma, seu irmão virou bandido sendo morto algum
tempo depois. Hoje muitos anos depois, tendo superado essa desgraça toda
vive aqui perto de casa numa relação estável que já dura mais de meia década
com Drika, um docinho de ser humano que estudou comigo no colégio Marista.

sábado, 3 de outubro de 2009

As flores murcham e viram adubo


O que dizer se a vida não são só flores
se os destinos se cruzem numa boa
e nem todos resultam em amores
alguns, até cruzamos a toa

passamos pela vida como descemos um tubo
a existência é como pegar uma onda
mas longe do mar, sob o chão, viramos adubo
e tanto papo furado, tanto caô, tanta milonga

o poema é ruim, soa mal aos ouvidos
como versos de uma trágica canção
com rifs, dó, ré, mi, fá e sustenidos
um verdadeiro desafio à falta de inspiração

Uma folha de papel solta na ventania
uma curtição na introspecção amarga
literalmente, um leão abatido a cada dia
ou o lombo calejado para assentar outra carga.